Loading...

Categorias

Canal da Ilha

O grandioso universo do Som! – parte 1

[cws_sc_dropcap]É[/cws_sc_dropcap] verdade que a parte de áudio de uma mídia (seja um comercial, um teaser, um trailer, um curta ou longa, ou até um jogo de virtual) é uma das mais importantes. Pelo simples fato de fazer a “imersão” do telespectador ou jogador na mídia, esse é O grandioso universo do Som!

É verdade que a parte de áudio de uma mídia (seja um comercial, um teaser, um trailer, um curta ou longa, ou até um jogo de virtual) é uma das mais importantes. Pelo simples fato de fazer a “imersão” do telespectador ou jogador na mídia, esse é O grandioso universo do Som!.

Porém… ainda atualmente, há uma grande confusão quanto ao termo “trilha sonora” ou “OST” (do inglês: Original Sound Track ou Trilha Sonora Original).

Muitos acabam confundindo Trilha Sonora com apenas a parte da música de alguma mídia. Quando na verdade, até o som de um canto de um pássaro, de diálogos, passos, abrir e fechar de uma porta, fazem parte da trilha sonora.

Existem duas vertentes de trilha sonora:

Trilha Sonora para filmes: compostas geralmente de cenas para cenas, como se fosse de forma “contínua”, onde não vão existir variáveis, e tem uma série de trilhas sonoras já pré-definidas e “conectadas”.  Exemplo: Vídeos do Arquitetura A.

Pode-se notar, que sempre são as mesmas músicas, por questão de “padronização”, isso é uma das características de trilhas de filmes, etc (por exemplo: He’s a pirate de Pirates of The Caribbean, Imperial March de Star Wars, os clássicos sons de sabre de luz ou de pistolas laser de Star Wars também entram na “lista”, pois quanto a áudio de filmes, não são só músicas que nos marcam não é mesmo?!

Bom, já falamos sobre áudios de cinema e vídeos em geral, mas… representam apenas 25% da complexidade do assunto, vamos lá aos próximos 75%!

Trilha Sonora para jogos: um ramo mais “complicado”, pois são compostas músicas “inteiras” e sons que não vão ser contínuos, e que podem mudar de acordo com as ações do jogador.

Por utilizar variáveis, são utilizadas ferramentas de inteligência artificial que fazem a transição das músicas (exemplo: você está caminhando em algum lugar e do nada a música que está ouvindo vai se transformando em outra, de batalha ou até mesmo de uma situação ruim à uma boa), dos efeitos (por exemplo, você jogando um jogo, já reparou que ao utilizar um “combo” de golpes os efeitos sonoros mudam? Então, é isso!)

Bom, por hoje é isso, espero que tenham gostado! Deixem nos comentários ou nos enviem por e-mail: produção@canaldailha.com.br a sua sugestão de post!

Em breve novidades! Não se esqueçam de conferir o nosso portfólio!

Autor: Guilherme Alves / 03/07/2017

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *