Loading...

Categorias

Canal da Ilha

O grandioso universo do Som! – parte 2

[cws_sc_dropcap]B[/cws_sc_dropcap]om…. para “que serve” a trilha sonora, nós já sabemos, mas… uma dúvida que pode “bagunçar” a cabeça dos que estão começando na área é: COMO EU FAÇO PARA TER UMA TRILHA CINEMATOGRÁFICA?

Bom…Para “que serve” a trilha sonora, nós já sabemos, mas… uma dúvida que pode “bagunçar” a cabeça dos que estão começando na área, é:

COMO EU FAÇO PARA TER UMA TRILHA CINEMATOGRÁFICA?

Será somente comprando uma pronta? Como se faz uma música? Um efeito sonoro?

A resposta é simples, mas o processo nem tanto…

Primeiramente, para a criação de músicas, podem ser utilizados dois meios:

Pague uma orquestra (sim… isso mesmo… PAGUE UMA ORQUESTRA!) assim como grandes produtoras e desenvolvedoras (como a Nintendo, que já pagou uma orquestra para gravação de músicas de jogos da série The Legend of Zelda).

Ou então pode optar por criar um home studio (hoje em dia sai em torno de R$ 20 000,00 um home studioprofissional) que consiste em um computador de ponta (mínimo 4 núcleos de processamento, 16 Gb de RAM e 1Tb de memória interna), uma DAW – Digital Audio Workstation (do inglês: Estação de Trabalho de Áudio Digital) que é utilizada para “deixar a música mais realista” com a utilização de VST – Virtual Studio Technology ou Tecnologia de Estúdio Virtual, que abordaremos futuramente num post mais aprofundado), um software  para escrita de partituras (se o seu ramo for trilhas orquestrais principalmente), exemplo: Encore, Guitar Pro, Sibelius, dentre outros, em sequência você precisa de no mínimo um fone de ouvido e por último mas não menos importante, um controlador midi.

Bom… com tudo isso, temos 10% do que é necessário para se compor uma trilha sonora…

Mas… se com tudo isso temos apenas 10%… o que são os outros 90%? A resposta é: 20% de teoria musical e teoria do som e os outros 70% de criatividade! Isso mesmo! Assim como um designer não faz nada se não tiver “criatividade”, um produtor de áudio não é nada sem ela!

Somente para resumir, o nosso gráfico do que precisamos para compor uma boa trilha sonora, como efeitos sonoros e músicas épicas fica assim:

Bom, por hoje é isso, espero que tenham gostado! Deixem nos comentários ou nos enviem por e-mail: produção@canaldailha.com.br a sua sugestão de post!

Em breve novidades! Não se esqueçam de conferir o nosso portfólio!

Autor: canaladmin / 11/07/2017

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *