Loading...

Categorias

Canal da Ilha

Entendendo fotografia parte 1

[cws_sc_dropcap]P[/cws_sc_dropcap]ara iniciarmos essa pequena explicação a respeito das câmeras e objetivas, vamos começar pelo corpo da câmera.

Uma das principais características das câmeras hoje em dia é que o fotógrafo pode trocar a objetiva, sem obter problema algum. Isso significa maior versatilidade para o equipamento, muitas possibilidades para a fotografia, devido a diversidade de modelos que existem. Logo mais, nos próximos artigos iremos explanar as possibilidades que as objetivas trazem para nós.

As partes mais importantes do corpo da câmera são: o obturador, o diafragma e o sensor.

O diafragma, é uma estrutura que vai controlar a quantidade de luz que chega ao obturador, deixando a passagem maior ou menor, dependendo de sua abertura. Quanto maior a abertura mais luz vai entrar, então consequentemente a foto ficará mais clara, e quanto menor a abertura mais escura.

O obturador, é um dispositivo que funciona cobrindo e controlando a quantidade de luz que incide no sensor através de uma “cortina”, abrindo e fechando rapidamente quando uma fotografia é tirada. Ao tirarmos a foto, o obturador permite que a luz passe e seja captada pelo sensor, por um tempo ajustável. Quanto maior o tempo, mais luz alcançará o elemento sensível.

Ambos diafragma e obturador trabalham juntos, uma ilustração básica desse trabalho é uma janela mais ou menos aberta (sendo o diafragma) e uma cortina totalmente fechada (Obturador).

E o sensor é o local para onde vai ser conduzir toda a luz recolhida pela objetiva, onde pixels sensíveis à luz captam a cena, e traduzem a  luz em imagens.

  • A velocidade de disparo é o tempo que o obturador fica aberto, antes de voltar para a posição inicial. E essa velocidade ditará a quantidade de luz que o sensor será capaz de captar o tempo que o obturador estiver aberto. E aqui vão algumas dicas:
  • A Velocidade do Obturador é medida em segundos. Quanto maior for o denominador, mais rápida a velocidade do movimento do obturador (por exemplo: 1/500 é muito mais rápido que 1/30).
  • Na maior parte das vezes você deve usar velocidades de disparo de 1/60s ou mais rápido.

 

  • Caso você queira usar velocidades de disparo mais lenta (qualquer valor menor que 1/60) você vai precisar de um tripé, pois as imagem ficará borrada.

 

  • Caso esteja com dúvida de qual Velocidade do Obturador usar você deve considerar se tem algo que se move na sua cena e como você quer capturar.

 

  • Caso tenha movimento na sua cena e queira congelar o movimento a velocidade tem que ser maior (para que ele fique parado) ou se quer capturar intencionalmente esse movimento, a velocidade tem que ser menor (passar a sensação de movimento).

 

Em breve mais novidades para vocês, comente com a gente o que acharam, se foi útil, ou se vocês têm alguma dúvida. E mais, vocês podem estar dando sugestões de temas que podemos abranger .

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *