Loading...

Categorias

Canal da Ilha

O que é Foley?

[cws_sc_dropcap]N[/cws_sc_dropcap]os bastidores de uma produção cinematográfica ou televisiva, há uma vasta gama de profissionais que trabalham arduamente para levar os produtos finais aos espectadores. Diretor, figurinista, colorista, editor e roteirista são apenas alguns profissionais que participam do processo de produção.

Neste contexto, o som é um elemento que muitas vezes é negligenciado pelo público, mas é algo que faz toda a diferença numa produção cinematográfica.  E o foley é uma área responsável pela estética do som.

Sabe aqueles sons de passos, rangido da porta, cavalos cavalgando, chaves e pratos quebrando? Pois bem, o trabalho do foley se trata justamente de reproduzir sons como esses e sincronizá-los com a tela. Esta técnica permite reforçar e deixar os elementos sonoros mais evidentes.

Depois de gravadas as cenas de um filme, o foley recria todos os sons ambientes presentes nas cenas em um estúdio com o auxílio de diversos equipamentos e instrumentos.

Entretanto, há alguns sons que não existem no mundo real, como o barulho feito por dinossauros. É aí que entra toda a capacidade criativa e de percepção que esses profissionais possam ter. Por isso, este é um tipo de trabalho artístico e minucioso, que exige uma enorme sensibilidade para recriar ruídos. Além disso, é necessário que se estabeleça uma relação íntima com a cena para alcançar um nível de perfeição na reprodução dos efeitos. A forma como cada som é produzido varia de um profissional para outro.

O termo “Foley” é uma homenagem à Jack Donovan Foley, que introduziu a técnica na transição do cinema mudo para o falado, no qual não conseguiam captar os ruídos com qualidade durante as gravações.

respeito ao modo de captura do som. Na década de 30, por exemplo, diversas pessoas de reuniam dentro de um estúdio, desde pessoas que criavam sons através de aparelhos até atores que executavam fisicamente suas ações. A captação do áudio contava apenas com um único microfone e qualquer erro, por menor que seja, acarretava na regravação da cena completa com todos os integrantes.

A forma de execução de Foley hoje em dia se diferencia do passado devido a possibilidade de sobrepor sons, recriando sons de detalhes e somando com sons ambiente, sons extras, sons específicos e diálogos. A captação destes elementos sonoros é feita separadamente por profissionais de diferentes áreas do som. Ao final, os áudios são unidos durante a edição final. Deste modo, além de possuir uma qualidade superior, a adição do som ao produto final garante mais precisão do que na época em que a captação era realizada de uma só vez.

O trabalho do Foley é tão interessante e trabalhoso que até foi produzido um curta metragem chamado “O Mundo Secreto do Foley” (2014) que aborda o assunto.

Confira um pouco mais do nosso trabalho:

https://pt-br.facebook.com/canaldailha/

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *