Loading...

Categorias

Canal da Ilha

Quais locais possuem maior e menor risco de contágio do coronavírus?

Estamos passando por um momento delicado, e isso pede algumas mudanças de hábitos em nosso cotidiano. A pandemia do coronavírus tem afetado a vida de bilhões de pessoas mundo afora, e ter consciência de como se prevenir é essencial.

Dessa forma, nós do Canal da Ilha separamos alguns dados para vocês. Afinal, quais são os locais com maior e menor contágio do coronavírus e o que isso implica para a sociedade?

A difícil situação dos profissionais de saúde

Os hospitais são o local de maior contágio do coronavírus, por deixarem os pacientes expostos à qualquer doença. No Brasil, principalmente nas cidades mais afetadas pelo coronavírus, a capacidade de pessoas que podem ser atendidas nos hospitais está chegando nos seus limites.

Infelizmente, o Brasil está cada vez mais perto de ter que escolher as vítimas da doença que serão atendidas na UTI. Dessa forma, o isolamento social ainda é o principal método para conter o alastramento da epidemia.

Além disso, muitos profissionais da saúde acabaram sendo contaminados pelo coronavírus ao cuidar de seus pacientes. Em São Paulo, por exemplo, dados mostram que o vírus já causou o afastamento de 3,8 mil funcionários da rede de saúde. Isso é um reflexo do nosso ainda precário sistema de saúde, que não está preparado para lidar com a epidemia.

Cuidados do dia a dia

É recomendado que todos tentem se exercitar, ter uma boa alimentação e manter a saúde em dia, respeitando a quarentena. Manter uma boa imunidade do corpo previne que você adquira doenças, e fique munido caso porventura entrar em contato com o vírus.

Locais de grandes aglomerações como transporte público, bancos, lotéricas, elevadores e cinemas estão sinalizadas também como grandes locais de contágio devido ao grande número de pessoas em locais fechados. Assim, o contágio e a propagação do corona é muito mais arriscada.

Os supermercados também são um local de contágio, entretanto, as empresas devem estar seguindo à risca medidas para manter uma higienização completa de produtos e do ambiente, oferecendo aos clientes e funcionários um local mais seguro.

Hoje, já é obrigatório o uso de máscaras ao sair de casa, e recomenda-se que pessoas levem consigo um álcool em gel para constante higienização das mãos, além de evitar tocar no rosto ou em locais sem necessidade. Lenços de papel também podem ser uma opção, utilizando-os ao espirrar e não propagando gotículas para o ar.

Reforçando que, se possível, a recomendação é ficar em casa. Se precisar ir para alguns desses locais, tenha preferência para ambientes ventilados, tente seguir as medidas preventivas e seja o mais breve possível. Estamos em uma etapa decisiva – todo cuidado é importante!

— Julia Cortezia, Canal da Ilha

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *