Loading...

Categorias

Canal da Ilha

Experts da produtora Canal da Ilha dão dicas de como fazer vídeos caseiros

Se você é daqueles que morre de vontade de se aventurar como youtuber mas não sabe nem por onde começar na hora de fazer um vídeo, siga as dicas dos profissionais do Canal da Ilha.

De acordo com a gerente de projetos, Tatyane Araújo, para se  produzir  um conteúdo de qualidade a preocupação inicial deve ser com um bom planejamento dos assuntos relevantes que você irá gravar pensando no público que deseja atingir, “É primordial saber para quem você deseja entregar seu conteúdo, público mais jovem ou mais adulto, mulheres ou homens, essas informações são importantes”, explica a gerente.

Esse planejamento é que irá guiar a produção dos vídeos, daí sim o segundo passo é pensar em equipamento e estrutura. Mas não se assuste, hoje com uma boa iluminação, um celular e criatividade é possível fazer um bom vídeo. “Hoje é possível fazer vídeos caseiros com boa qualidade usando apenas um bom celular” garante o diretor da produtora Guilherme Rodrigues.Outro ponto importante é pensar num cenário que crie identificação com seu público, sem elementos que deixe o ambiente carregado e lembre-se de ter uma boa iluminação.

Também fique atento à captação do som, não deixe que ruídos externos interfira na sua fala. “Na iluminação está o segredo de uma boa imagem é o backlight que deixa a cena atrativa. Nos casos em que for gravar em um espaço fechado, limite a entrada de luz ambiente o máximo possível e ilumine o espaço de forma adequada com luz artificial. E se for fazer uma tomada externa, tente utilizar apenas a luz do dia. Um kit de ring light, que é uma luz fluorescente circular, posicionada em volta da câmera, e é bastante usada quando se quer destacar a cena, pois apresenta uma luz bem uniforme e difusa e é indicada principalmente nos vídeos de tutoriais de maquiagem ou se for possível use equipamentos para te auxiliar, como refletores”, explica Tatyane.

Quer acompanhar mais conteúdos como esse? Segue a gente nas redes facebookinstagramyoutube e linkedin.

— Jornalista Suzana Julião, Canal da Ilha

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *