Loading...

Categorias

Canal da Ilha

Humanização de marcas na era digital

Atualmente as relações humanas sofrem mudanças constantes e radicais e com isso novos desafios surgem para os profissionais que trabalham na área como: monitorar uma marca diariamente, estar antenado as oportunidades, gestão de crises etc. pois em tempos de comunicação digital, onde cada vez mais os sentimentos são e parecem artificiais, manter uma relação próxima com o público é essencial para garantir uma boa imagem da marca.

Com as redes sociais as pessoas emitem suas experiências de compra e uso dos produtos com muito mais frequência do que num passado próximo. Por isso, um posicionamento como marca humanizada pode ser a chave do sucesso

A internet é um universo  com grandes oportunidades para as empresas no entanto, ao mesmo tempo, empoderou aos consumidores que são muito mais críticos e exigentes atualmente, pois eles passaram a ter um papel muito mais ativo nos processos de de decisão de compra e, com simples buscas, podem conhecer múltiplas opções e alternativas para satisfazer suas necessidades ou solucionar diversos problemas.

Considerando esse aspecto, podemos dizer que, as pessoas preferem as marcas humanas porque percebem que podem ajudá-las a cumprir com seus objetivos por meio do apoio contínuo e o acompanhamento personalizado ou seja todos tem participação direta na comercialização e evolução de um produto no mercado.

Tanto que o preço e a qualidade, ainda são fatores importantes, mas não mais os determinantes e sim o compromisso das marcas e sua preocupação com os usuários, assim como em temas relevantes para a sociedade e seu segmento de mercado.

A humanização  de uma marca,  pede principalmente que uma empresa responda  mensagens, comentários, avaliações e dissemine conteúdo relevante, que desperte a atenção do seu cliente de uma forma próxima, de forma humana e não como um robô ou como um número, pois a era é digital e tecnológica mas pessoas continuam sendo pessoas, de carne, osso e emoções.

Quer acompanhar mais conteúdos como esse? Segue a gente nas redes facebookinstagramyoutube e linkedin.

— Jornalista Suzana Julião, Canal da Ilha

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *