Loading...

Categorias

Canal da Ilha

Fotografia e cinema: 5 filmes para te inspirar sobre o assunto

Observar a fotografia de filmes incentiva a explorar novos métodos para fotografar, além de ser um exercício que aflora a nossa criatividade enquanto profissionais das lentes e, principalmente, nos possibilita novos olhares de acordo com as condições de luz natural e novas perspectivas com luz artificial. 

Por isso, escolhemos 5 filmes que são referências no tema para que você possa aperfeiçoar seus conhecimentos sobre fotografia:

1 – Cidade de Deus – Direção: Fernando Meirelles/Kátia Lund

Esse é um filme que do ponto de vista fotográfico tem muito para inspirar, a começar pelo personagem Buscapé que sonha em ser fotógrafo e mostrar as mazelas da favela e seu cotidiano. Ele nos mostra algo bem importante para quem quer começar: a fotografia pode ser uma realidade para todos, basta tentar e treinar o seu olhar.

2- Janela Indiscreta – Direção: Alfred Hitchcock

Um clássico de Alfred Hitchcock, interpretado por Grace Kelly e James Stewart, conta a história de Jeffries, um fotógrafo que quebra a perna durante seu trabalho e por isso fica alguns dias de repouso obrigatório em seu apartamento. O enredo é construído quando ele começa a observar pela sua janela a vida dos vizinhos, até que vê certas coisas que o fazem desconfiar de um assassinato. Um show de enquadramento e perspectiva em cada frame.

3 – O Grande Hotel Budapeste – Direção Wes Anderson

Com enquadramentos irretocáveis, cores precisamente trabalhadas para o contraste e as cenas pensadas a fim de criar o inusitado são a marca legítima de um dos mais autênticos diretores da sua geração. Digamos que esse filme seria uma espécie de Forrest Gump estático, o hotel é o protagonista maior de uma história que o atravessa, presencia duas guerras e vê florescer a relação do concierge Monsieur Gustave (Ralph Fiennes) com seu discípulo Zero (Tony Revolori).

4 –  O Sal da Terra –  Direção: Juliano Ribeiro Salgado/Wim Wenders

Nesse filme, o mais famoso fotógrafo brasileiro de todos os tempos volta a ser tema de um novo documentário, mas agora repleto de glamour internacional.  O filme traz uma perspectiva diferente, nos faz ver a fotografia com uma função social, não somente visual ou estética, pois o fotografo relata as histórias por trás de cada foto, e ao fazer isso ele passa toda a empatia e facilidade que ele tem de estabelecer relações com as pessoas e como cada uma o tocou de uma maneira única. Muito aprendizado aos amantes da fotografia.

5 – O Fabuloso Destino de Amélie Poulain – Direção: Jean-Pierre Jeunet

Uma verdadeira obra de arte cinematográfica que mostra a relação das personagens com suas memórias e a construção da imagem fotográfica como fixação de uma realidade efêmera. As relações imaginárias entre o “real” que a foto revela e a realidade vivida pelo indivíduo, repleto de lembranças, parecem indicar suas relações consigo mesmo e com a sociedade na qual ele vive. As fotos dão credibilidade ao passado construído e as relações sociais estabelecidas pelo observador.  A composição utilizada nos dá uma sensação visual muito positiva e agradável, e, essa é exatamente a intenção.

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *