Blog Canal da Ilha

logo
Pod da Ilha

Personal organizer: Pod da Ilha recebe Paty Domingos

Desde o dia 15 de março de 2022 o Ministério do Trabalho e Previdência (MPT) passou a reconhecer mais 22 novas profissões, totalizando agora um número de ocupações de 2.296 em todo território nacional. 

Entre essas novas profissões, que agora são regulamentadas, é possível citar os analistas de e-commerce, skatistas profissionais e o exercício de personal organizer, que foi o tema do nosso podcast

A origem do nome pode ser estrangeira, traduzida livremente como “organizadora pessoal”, no entanto, a profissão já é muito conhecida e praticada no país antes mesmo que fosse regulamentada. 

Pensando nisso, o Pod da Ilha recebeu Paty Domingos, estreando com posto de primeira mulher em nosso podcast. Paty é personal organizer, empreendedora e ministra cursos sobre a profissão com o objetivo de formar ainda mais profissionais qualificadas para este exercício. 

Quando perguntada sobre a origem do interesse por organizar, nossa convidada responde que “o nosso bloqueio está alinhado ao nosso propósito, ou o nosso propósito está alinhado com nosso bloqueio”.

Em outras palavras, ela mesma era uma pessoa muito desorganizada, por que trabalhava desde muito nova, então focava em outras demandas. Por outro lado, sua irmã sempre mantinha tudo muito arrumado, o que causava uma comparação entre as duas por parte de sua mãe. Dessa forma, a organização era seu bloqueio. 

Paty ainda conta que o bloqueio não estava relacionado apenas com itens físicos, mas também com sua vida pessoal, finanças e até mesmo a relação do casamento. 

A “virada de chave” veio em um momento muito pessoal, enquanto guardava seus itens após uma mudança. Ela comenta que sentou no chão para arrumar uma gaveta e “o espirito santo disse: filha, como você quer ter uma vida financeira próspera se você não consegue tomar conta nem da caneta que eu te dei?”. A partir deste momento começou a busca incessante por organizar. 

Durante toda a conversa, nossa convidada afirma que a bagunça ou desorganização fazem parte do nosso interior, “nosso armário é um reflexo de quem somos”. Por isso, depois de organizar a casa, finanças e objetos, automaticamente outros aspectos da vida pessoal “engrenaram”.

O exercício da profissão de personal organizer em si foi começar mais tarde, depois de um convite para fazer um “esquadrão da moda” no armário no armário de uma amiga. Isso por que além de organizada, Paty também estudou moda e foi dona de uma boutique. 

Além do armário, a empreendedora começou a aplicar o mesmo processo de organização que teve em sua vida e meses depois descobriu que esta poderia ser uma fonte de renda, então buscou uma especialização. 

Hoje em dia é personal organizer de diversas personalidades, como Pablo Marçal e sua família, e também já trabalhou em projetos nas residências de Sabrina Sato e Zé Netto e Cristiano.

Uma organizer realiza trabalhos além de arrumação, podendo auxiliar em treinamentos de equipes, postura, ética e até mesmo no uso de uniformes. Isso por que a profissão visa ser uma facilitadora da vida do cliente.

Além realizar as organizações, Paty conta com um equipe espalhada pelo Brasil, formadas a partir de seu próprio método, o Método Organizada. Ainda, é dona de um e-commerce de produtos que facilitam a manutenção das arrumações.

Por fim, nossa convidada reforçou a todo tempo que “o dinheiro é uma consequência de um trabalho bem executado” e que as oportunidades só existem quando aproveitadas, depois que passam, não são oportunidades perdidas. 

Para conferir a íntegra desta conversa e outros momentos de destaque, basta acessar nosso canal do YouTube e redes sociais. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.